Ligue agora e MARQUE UMA CONSULTA: 11.3037-7099

LESÃO DO MANGUITO ROTADOR NO OMBRO DE ATLETAS

 

O que é manguito rotador (MR)?

 

O manguito rotador é um complexo muscular do ombro, formado por quatro músculos, supraespinhal, infraespinhal, subescapular e redondo menor, seus tendões se inserem na região proximal da cabeça do úmero. Tem como função, manter a estabilização do ombro através da contração muscular. São essenciais para o bom funcionamento do ombro, no movimento de elevação do braço e rotação medial e lateral.

CAUSA E SINTOMAS

As lesões do ombro ocorrem por meio traumático (traumas diretos sobre a articulação, por exemplo, luxação, fratura) ou atraumático (sem contato direto sobre o ombro, tendinites). A maioria das lesões de ombro em atletas é o resultado de uma atividade repetitiva realizada acima da cabeça (vôlei, tênis, handball, natação).

Os tendões do manguito rotador são pouco vascularizados (recebem pouco sangue). É muito importante o fornecimento de sangue para um tecido, pois o sangue carrega os nutrientes necessários para a manutenção e reparação do tecido. De modo que, do contrario os tecidos ficam mais propensos à degeneração. Esta degeneração pode ser acelerada pelos gestos repetitivos exigidos no esporte praticado (atraumático).

É comum acontecer com atleta que faz movimento de abdução com rotação externa ou interna (braço acima da cabeça com cotovelo dobrado) do ombro, repetitivamente. Os músculos tem um grande volume de estresse durante a atividade esportiva (arremesso, saque e “braçada”) no caso da natação, levando a microtraumas no tendão, somado a pouco fornecimento de sangue para a reparação tecidual, surgem as tendinites e bursites (inflamações dos tendões e bursas) e por fim as rupturas (parciais ou totais) de um ou de todos os tendões do manguito rotador. As tendinites geralmente são mais frequentes em atletas jovens, enquanto as rupturas (parciais ou totais) em esportistas acima de 40 anos de idade.

Deste modo os músculos do MR não conseguem manter sua capacidade de estabilização do ombro através de sua contração muscular, podendo fazer com que o atleta perca a potência muscular nas atividades (lesão aguda e completa). Já nos casos de lesão crônica (mais antiga) pode haver adaptação de outros músculos para compensar os tendões lesionados, tendo pouca perca de força. O principal sintoma da lesão é a dor, na região do ombro que se desce para o braço, região cervical e para trás do ombro (escápula).

TRATAMENTO

fortalecimento do manguito rotador é de total importância na prevenção e tratamento das lesões de ombro em atletas praticantes de esportes que solicitem muito da articulação do ombro. Também fortalecer os músculos da cintura escapular (inserem-se na escápula) entre eles, serrátil anterior, trapézio inferior, rombóide.

Quando já ocorreu a lesão, a fisiorerapia tem como objetivo, promover controle da dor e quadro inflamatório com recursos de eletroterapia (laser, ultra-som, TENS), além de crioterapia (gelo) e técnicas de terapia manual.

Após melhora da dor, progredimos para o fortalecimento muscular do manguito rotador, peitorais e dorsais para equilibro mecânico do ombro, como já citado acima. Por fim, exercícios específicos do esporte, até que tenha alta para retorno para atividade esportiva.

Procure um médico ortopedista esportivo qualificado e previna as lesões e o afastamento do esporte.

 

Verônica Erbst e Karina Palla

Fisioterapeutas Esportivas

verbst@institutokellystefani.com.br

kpalla@institutokellystefani.com.br

Deixe um comentário