“Como aumentar minha performance e também não me machucar?”

Olá Amigos,

Espero que todos estejam bem.

Gostaria de escrever sobre a corrida e uma questão importante que está sempre no imaginário dos corredores: “Como aumentar minha performance e também não me machucar?” Essa é uma questão muito comum feita aos treinadores. Se não foi feita ao treinador, certamente está no íntimo de cada corredor.

Pois bem pessoal! Todos conhecem a famosa regra dos 10%. Ela diz que o volume de corrida deve ser aumentado em 10% da milhagem do último treino. Mas aí eu pergunto: será que esta regra funciona mesmo?

Esta pergunta foi feita por pesquisadores que publicaram um estudo em agosto deste ano, propondo investigar a relação do aumento de volume com o índice de lesões. Estes pesquisadores estudaram 873 corredores, acompanhando-os por 1 ano. Verificaram que durante este período, 202 deles apresentaram lesões.

Os que apresentaram lesões haviam aumentado suas milhagens em mais de 30%, em comparação com aqueles aumentaram gradativamente usando o valor de 10% ou entre 1 e 30%. Os resultados talvez possam nortear o modo de aumentar o volume do treino sem adquirir lesões.

Outro achado interessante se refere à velocidade da corrida.  Os corredores mais rápidos demonstraram maior risco para dores patelofemorais, síndrome do trato iliotibial, as famosas “canelites”, tendinite patelar, bursite trocantérica e lesões do músculo glúteo máximo.

Outras lesões como distensões da panturrilha, fascite plantar, tendinite do tendão de aquiles, fraturas por estresse, entre outras lesões, não demonstraram relação com o regime de modificação do volume de treino.

Isto significa que, aumentar o volume mais de 30% em relação ao treino precedente, em um período de 2 semanas pode predispor a lesões. Obviamente, não há a garantia de que nenhuma lesão mais ocorrerá. Todavia amigos, são algumas dicas importantes para que se possa treinar com maior segurança e mais prazer.

Um grande abraço a todos.

Pedro Sampaio.

Fisioterapeuta especializado em Biomecânica

psampaio@institutokellystefani.com.br