Compensações pós lesão: algo bom ou ruim?

Olá amigos!!

Espero que todos estejam bem.

Hoje gostaria de comentar um assunto breve, mas bastante importante para todos os que praticam atividade física.

Independente do nível de competitividade, todos sabem que o treinamento prepara o sistema musculoesquelético para a atividade esportiva. E isso acontece por meio do treino diário, ou sistemático, com ajustes constantes da carga de treinamento. Com isso, considero que todos tenham familiaridade. E claro, por considerar que o treino faz parte do dia a dia de todos que aqui leem essa matéria, vão aqui alguns pontos que a biomecânica descobriu ao longo dos seus constantes estudos:

Com o treinamento, os ajustes do sistema nervoso são treinados para que os impactos aos quais o corpo se submete sejam controlados pela ação dos músculos. Isso é específico e acontece com todo atleta. De porte desta informação, é de suma importância colocar o segundo ponto:

Quando o corpo sente uma lesão, esse mesmo sistema nervoso irá alterar o seu comportamento, para proteger a estrutura lesionada, ou até mesmo para evitar que novas cargas cheguem até o segmento com lesão. Então, surgem duas consequências. A primeira é a diminuição da performance. Isto inevitavelmente acontecerá por conta da modificação do gesto esportivo. A segunda repercussão, e esta ainda mais perigosa, é uma lentidão nas respostas do sistema nervoso para ajustar e controlar as cargas impostas pela atividade ao corpo do atleta. Consequentemente, o que acontece é que uma pequena dor ao treinamento, pode ser responsável por colocar em risco outras estruturas ainda íntegras do atleta.

Por isso, prezados, evitem realizar qualquer atividade com alguma lesão. Por menor que seja, as alterações podem não aparecer ao chamado olho nu. Mas, garanto que as repercussões silenciosas são perigosas.

Ao sentir qualquer lesão, a melhor atitude é nunca banalizá-la, e procurar o profissional médico para um bom diagnóstico. Aqui, a biomecânica também pode ajudar.

Bem, espero que essas dicas ajudem a manter treinos seguros e com o máximo de aproveitamento.

Um grande abraço a todos.

Pedro Sampaio

Fisiotarpeuta Especializado em Biomecânica