CUIDADOS NA ACADEMIA: EXERCÍCIOS MAL PRATICADOS PODEM CAUSAR LESÕES

Em minha experiência trabalhando com reabilitação em ortopedia e esportes, venho percebendo que várias lesões dos meus pacientes são ocasionadas por exercícios inadequados realizados nas academias. Por este motivo, acho importante o esclarecimento sobre o assunto em relação às causas e prevenção dessas lesões.

Para os sedentários que queiram iniciar uma atividade física ou aqueles pararam e pretendem reiniciar a prática de exercícios, são necessários cuidados específicos, para que essas atividades não causem problemas em ossos, músculos e articulações. Caminhadas, prática de esportes e principalmente as realizadas em academias, são as atividades mais procuradas para manter a forma e perder peso, porém são constantes as lesões em articulações principalmente joelhos, ombros e coluna, devido à sobrecarga durante os exercícios.  A maioria das vezes isso acontece devido às academias lotadas e com poucos profissionais para dar a devida atenção aos alunos.

É também fundamental, antes de iniciar qualquer atividade física, procurar um médico especializado em medicina do esporte para receber orientações ideais quanto ao tipo de atividade própria para a idade e tipo físico, calçado adequado e realizar exames fundamentais para analisar se a pessoa está apta ou não a realizar determinada atividade. Muitas academias hoje em dia nem sequer exigem o atestado médico. O ideal também é o aluno realizar uma avaliação física realizada pela própria academia.

 

MAIORES CAUSAS DE LESÕES NAS ACADEMIAS

 

  1. Excesso de carga nos exercícios de musculação. A maior parte do tempo alunos ficam “sozinhos” realizando seus exercícios e os próprios fazem o aumento da carga, muitas vezes excessiva, ocasionando em lesões musculares e sobrecarga nas articulações, além do risco de hérnias de disco
  2.  Postura inadequada durante os exercícios. A maioria dos aparelhos de musculação exige que o aluno esteja em posição correta para realizá-lo, principalmente no que diz respeito à altura do assento, distância entre o aparelho e o corpo, etc. Seu uso inadequado também pode ocasionar em lesões musculares, sobrecarga nas articulações e dores nas costas
  3. Ajuste inadequado de bicicletas em aulas de spinning ou bicicletas ergométricas. Cada bicicleta deve ser ajustada para cada aluno. Por exemplo: bancos muito altos podem ocasionar em lesões de coluna e muito baixos lesões de joelhos.
  4. Calçados inadequados na utilização da esteira e nas aulas coletivas. O uso de calçados inadequados pode causar lesões por sobrecarga em tornozelos, joelhos, quadris e coluna lombar;
  5. Muitos alunos para poucos professores. Como a maioria dos alunos não tem condições de contratar um personal trainer, não há correção adequada durante os exercícios e os alunos ficam suscetíveis às lesões, por excesso de carga e má postura. Nas aulas de ginástica com salas lotadas, este problema também acontece, pois o professor não consegue acompanhar cada aluno individualmente;
  6. Exercícios inadequados para o tipo físico e idade. Alunos muito jovens ou idosos não podem realizar determinados exercícios e necessitam de atenção dobrada durante a prática da atividade. O mesmo acontece em pacientes obesos ou de baixo peso. Por isso uma avaliação minuciosa médica e do educador físico se faz necessária.

 

PREVENÇÃO DAS LESÕES

 

A prevenção é um fator de extrema importância. Os riscos devem ser avaliados pelos profissionais, que devem estar atentos a qualquer queixa do aluno. Para prevenir as lesões na academia devemos:

 

  1. Procurar um profissional da área esportiva para determinar o tipo de atividade adequada para sua idade e tipo físico;
  2. Nos informar se a academia possui profissionais de educação física suficientes para a quantidade de alunos;
  3. Iniciar os exercícios de forma gradativa;
  4. Realizar aquecimento prévio para prevenir lesões musculares;
  5. Usar vestuário e tênis adequados;
  6. Não ir além do que seu organismo pode suportar;
  7. Qualquer dúvida sobre carga, ajuste das bicicletas ou posicionamento nos exercícios, procurar sempre o professor;
  8. Ao primeiro sinal de dor, PARE o exercício que estiver realizando e comunique o professor. Se a dor persistir mesmo em repouso, procure um médico pois apenas um especialista fará a avaliação adequada, podendo o paciente passar um tratamento específico de acordo com a situação. Tratamento médico e fisioterapia muitas vezes são necessários.
  9. Se possível, contrate um personal trainer.

Se você se lesionou na academia e a lesão foi diagnosticada por um médico, a fisioterapia se faz necessária antes que você retorne à academia, para que um trabalho em conjunto seja feito com o profissional de educação física.

 

LEMBRANDO: A PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA PARA SEU BEM ESTAR E SAÚDE, PORÉM ELA SÓ É BENÉFICA QUANDO REALIZADA ADEQUADAMENTE!!!

 

Karina Palla – Fisioterapeuta Esportiva

kpalla@institutokellystefani.com.br