LONGAS DISTÂNCIAS, ESTOU REALMENTE PREPARADO?

dicas

 

As corridas de longas distâncias vêm se popularizando anos após anos. Atletas amadores estão aderindo as corridas de 21km, maratona (42km) e até ultra-maratonas, são chamadas assim quando ultrapassam os 42km. No triathlon, não é diferente, realizam as provas nas distâncias short (750mts de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida) e já se equipam com bikes de última geração, compram tênis que os campeões usam, roupa de borracha da última moda e pronto, acham que já estão preparados para realizar o tão sonhado Iron Man (3,8km de natação, 180km de ciclismo e 42km de corrida).

Minha pergunta agora é se realmente esse perfil de atleta esta preparado, psicologicamente e fisicamente para enfrentar horas e horas de atividade física levando ao extremo seu organismo e sua estrutura óssea e muscular?

Na verdade essa pergunta é facilmente respondida, é óbvio que esse perfil de atleta não esta preparado para esse desafio, pois existe uma alta tendência de se lesionar, comprometer o seu organismo com desidratação e outras reações mais severas nos principais órgãos vitais, promover graves danos no cérebro, lesionar a estrutura muscular e óssea, além de muitas outras reações físicas e até psicológicas.

Como todo processo de evolução, no esporte não é diferente, aumentar as distâncias como objetivo principal requer  tempo, experiência de treinos e competições, conhecimento do próprio corpo, saber até onde se pode chegar e principalmente, jamais nos compararmos com os demais atletas, afinal, cada ser humano é único e tem experiência, vivência e história de vida isoladamente.

Um exemplo prático de evolução na distância com o objetivo de realizar uma maratona, seria, como recomendação mais conservadora, é que o atleta tenha experiência em pelo menos 4 meias maratonas, 3 anos de corrida, já tenha feito muitas provas de 10km, e que não tenha nenhum histórico de lesão articular, tudo isso somado a uma boa e longa conversa com seu treinador responsável.

No triathlon, é um pouco mais complicado ainda, ou seja, requer 1 ano de experiência na distância short, mais um ano na distância olímpica, pelo menos dois ½ Ironman, que deve durar mais uns dois anos no currículo, uma maratona concluída, e muitos treinos longos nas modalidades de ciclismo e natação. Não podemos esquecer da longa conversa com o treinador.

São exemplos simples porem servem para refletir e analisar o quanto devemos enfrentar para passar para as longas distâncias, não basta fazer uma aposta com os amigos do trabalho, fazer a inscrição, procurar um treinador de última hora e começar a treinar. Na verdade o caminho é totalmente o inverso, ou seja, procure um treinador experiente, converse sobre seus objetivos a curto, médio e longo prazo, faça o que ele orientar, invista em equipamentos no momento certo, faça as provas recomendadas por ele, só assim mostre as fotos e medalhas para seus amigos como prova da sua conquista saudável e duradoura. Seus joelhos agradecem,  sua esposa ou marido fica feliz, sua vida fora do esporte fica equilibrada e com certeza permanecerá por muito mais tempo no esporte.

Bons treinos!!!

Prof.Gabriel Abreu

Trilopez Assessoria Esportiva